O que é saúde mental?

            Vamos fazer um exercício:  o que você responderia se alguém perguntasse como vai a sua saúde?

            É comum que, ao responder, façamos primeiramente uma consideração sobre os aspectos físicos do nosso corpo. As doenças, as dores de cabeça e as dores musculares são as mais mencionadas quando queremos comentar que não estamos cem por cento bem. Mas será que é só isso mesmo que define a nossa saúde?

            Em 2005, a Organização Mundial de Saúde (OMS) conceituou a saúde como sendo o estado de completo bem-estar físico, mental e social. Ou seja, o conceito de saúde vai além da ausência de doenças e supera a dualidade existente corpo e mente. No entanto, mesmo tendo passado mais de 10 anos, ainda são poucas as pessoas que atentam para a saúde da mente.

            Em Julho de 2017, a história da programadora Madalyn Parker ganhou bastante destaque na internet. Ela enviou um e-mail para sua equipe dizendo que precisaria se ausentar por dois dias. “Oi, pessoal. Eu vou tirar hoje e amanhã para me concentrar na minha saúde mental. Espero voltar na semana que vem renovada e 100%. Obrigada!”, dizia a mensagem. Copiado na mensagem, o gestor da companhia, Ben Congleton, respondeu a funcionária: “Oi, Madalyn. Eu só queria pessoalmente agradecer a você por enviar mensagens como essas a sua equipe. Toda vez que você faz isso, eu me lembro da importância de usar o afastamento médico também para a saúde mental — acredito que essa não seja a prática padrão em todas as empresas. Você é um exemplo para todos nós, e nos  ajuda a superar um estigma”. Madalyn publicou esse diálogo em suas redes sociais e abriu espaço para um importante debate.

 

Mas afinal, o que é saúde mental?

 

             A maior parte das pessoas associa “Saúde Mental” com “Doença Mental”. Vamos entender um pouco mais sobre o que trata cada um.

De acordo com a OMS (2013), saúde mental é um estado de bem-estar no qual o indivíduo é capaz de usar suas próprias habilidades, recuperar-se do estresse rotineiro, ser produtivo e contribuir com a sua comunidade. A partir dessa definição, a saúde mental passa a ser parte integrante da saúde, estando intimamente ligada à saúde física e ao comportamento. Já a doença mental refere-se ao sofrimento, incapacidade e morbidade devido a perturbações mentais e neurológicas, e por uso de substâncias, podendo ainda surgir devido a fatores genéticos, biológicos e psicológicos, bem como a condições sociais adversas e fatores ambientais.

            Todos nós vivenciamos diariamente uma série de emoções como alegria, amor, satisfação, tristeza, raiva e frustração. As pessoas que estão mentalmente saudáveis conseguem compreender os limites de cada uma e são capazes de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio. Em outras circunstâncias, quando não estamos mentalmente saudáveis, perdemos a capacidade de resolver os problemas que nos aparecem e nossa primeira reação é a fuga. Algumas mudanças são percebidas, tais como a falta de atenção, perda de memória e concentração reduzida.

             Nessas circunstâncias, como saber quando estamos bem mentalmente? Alguns especialistas na área enumeram alguns itens que são importantes para um processo de autoavaliação. São eles:

  1. Atitudes positivas em relação a si próprio;
  2. Crescimento, desenvolvimento e autorrealização;
  3. Integração e resposta emocional;
  4. Autonomia e autodeterminação;
  5. Percepção apurada da realidade;
  6. Domínio ambiental e competência social.

             Se você não consegue se avaliar positivamente em algum desses itens, não se preocupe! Todas as pessoas podem apresentar sinais de sofrimento psíquico em alguma fase da vida. O importante é ter em mente que sempre podemos pedir ajuda a um profissional.

            Quer saber como podemos manter a saúde mental em dia? Selecionamos algumas dicas importantes que podem ajudar:

– Mantenha sentimentos positivos consigo, com os outros e com a vida;

– Aceite-se e às outras pessoas com suas qualidades e limitações;

– Evite consumo de álcool, cigarro e medicamentos sem prescrição médica;

– Não use drogas;

– Pratique sexo seguro;

– Reserve tempo em sua vida para o lazer, a convivência com os amigos e com a família;

– Mantenha bons hábitos alimentares, durma bem e pratique atividades físicas regularmente.

             Cuidar da saúde mental é coisa séria! Não deixe para depois.