Gente como a gente

Adolescente se culpa após o irmão ter morrido afogado em seu barco. Apesar de intensivas sessões de terapia, ele não consegue se libertar da crença de que deveria ter morrido em seu lugar e seus pais também não oferecem muito consolo.